Alimentação infantil – Uma luta com a Valentina

Como já disse algumas vezes, a Valentina não se alimenta da maneira que eu gostaria.

Ela come bem o arrozinho (ou massa), com feijão e carninha, mas legumes e verduras é um sacrifício!
Eu escondo, invento, amasso corto pequeno e aí a coisa vai.
Frutas é uma maravilha, ela come de tudo!!
Mas quando voltei a trabalhar e ela voltou para a creche, ela pegou uma virose, um resfriadinho, que a fez diminuir a quantidade de comida que comia e ainda as vezes vinha anotadinho na agenda da creche q ela não havia almoçado num dia, jantado no outro, ou não queria comer o lanchinho.
Então, por mais que tenha janta na creche, vai a mamãe aqui fazer uma comidinha bem caprichada para a pequenina para eu ter a certeza que aqui em casa, na janta pelo menos, ela comeria bem e com qualidade.
E ainda depois da janta dou uma fruta de sobremesa, e posso ficar com a consciência mais tranquila.
Final de semana aqui em casa eu tb não marco bobeira. Todas as refeições são feitas no mesmo horário de sempre, e nada de porcarias.
Claro que quando agente sai, não dá para manter essa rotina e rigorosidade. Mas em casa, já que ela não anda comendo tão bem assim na creche, eu não posso bobear.
Sei também q é uma fase, logo ela estará super adaptada na creche, curada do resfriado e consequentemente comendo melhor, aí posso relaxar e deixar ela comer uma “besteirinha” final de semana, ou dar uma janta mais light, como um sanduichinho ou um ovinho purinho que ela tanto gosta.
Arroz carreteiro: especialidade do papai que ela tanto gosta!
About Marcelíssima 383 Articles
Nasci em Minas, criada no Paraná, já morei em outras bandas por aí, mas me achei nessa terra maravilhosa que é Rio Grande do Sul. Sou casada com o Moisés, temos uma filha linda chamada Valentina, e um gato a la Garfield, o Freddy. Gosto de livros, filmes, séries, receitas, makes, músicas... Enfim, de tudo um pouco e com a maior simplicidade!

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*